domingo, 16 de dezembro de 2007

Lanternas de Cristo

Samuel Câmara

Pastor da Assembléia de Deus em Belém


A maioria das cidades do mundo nasceu literalmente imersa na escuridão. Depois que o sol se punha, suas ruas ficavam escuras, pedestres noturnos tinham de andar com cuidado para evitar pedras e buracos. Foi assim também nos dias de Benjamin Franklin nas ruas da Filadélfia.

Franklin, porém, decidiu dar um bom exemplo aos seus concidadãos colocando uma lanterna do lado de fora de sua casa. Ao transitarem pela rua à noite entre tropeções e quedas, as pessoas que chegavam a esse “oásis de luz” logo percebiam a bênção que ele era. Outros moradores logo começaram a colocar suas próprias lanternas. Assim, depois do pôr do sol, toda a aldeia se transformava num lugar iluminado e seguro.

Somos lembrados continuamente de que vivemos num mundo espiritualmente imerso em trevas, tanto por nossas próprias tendências pecaminosas, como pelos noticiosos recheados de todo tipo de crime e desajuste social, e também por uma sociedade cada vez mais permissiva e acostumada com a imoralidade sem freios. É fácil perceber que vivemos “no meio de uma geração pervertida e corrupta” (Fp 2.15).

Foi exatamente para combater esse cenário de trevas espirituais, de escuridão moral, que os discípulos de Cristo foram instruídos a serem “luzeiros no mundo” ou “lanternas de Cristo”. Embora sabedores de que nossa conduta na maioria das vezes reflete apenas uma imagem vaga e distorcida de Jesus e que sozinhos não podemos afastar toda a escuridão, não podemos esquecer o quão significativo será se cada um fizer a sua parte.

Há várias maneiras de reagir à escuridão espiritual. Alguns cristãos preferem se encastelar e viver uma espécie de clausura moral. Embora procurem viver corretamente, nada mais fazem; vivem apenas como “agentes secretos de Deus”, pois só Deus sabe que são “cristãos”, ninguém mais.

Há também quem prefira murmuração e contendas, vendo só o cisco nos olhos dos outros e não a trave em seus próprios olhos. Mas o apóstolo Paulo nos alerta a fazer “tudo sem murmuração nem contendas, para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo” (Fp 2.15,16).

Para não sermos “luzeiros”, basta vivermos em murmuração e contendas. Paulo não mencionou nada mais escandaloso que isso. Não obstante alguns cristãos relativamente cometam pecados “maiores”, certamente todos nós já praticamos pecados “menores”: a presunção, o orgulho e o egoísmo que culminam em murmurações e contendas. E são esses pecados “menores” que mais prejudicam o nosso testemunho do evangelho de Cristo.

Cada cristão tem uma terceira e melhor opção: deixar que sua vida redimida e iluminada por Cristo sirva de lanterna a espalhar a luz do evangelho para iluminar outras vidas. Exatamente como Jesus ensinou: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus” (Mt 5.16).

O mundo ao nosso redor é escuro devido à ignorância espiritual. Há milhares de pessoas cuja existência sem objetivo as conduz a um desespero silencioso que as faz tropeçar na vida.

Em vez de nos omitirmos, ou de murmurarmos e contendermos, cada um pode fazer a melhor parte: como “lanterna de Cristo”, iluminar os caminhos dos que vivem em escuridão espiritual.



Confira os artigos do Pastor Samuel Câmara, todas as semanas no jornal "O Liberal" - www.oliberal.com.br

4 comentários:

Anônimo disse...

A moeda de compra do Pastor Samuel é a mídia eletrônica, a televisão...

Muitos pastores, que outrora agiam com cautela e sabedoria hoje emprestam seus apoios e convicções em troca de aparecerem eles e suas igrejas na telinha colorida da televisão...

O Pastor Samuel é muito arguto e está usando em prol de seus objetivos americanizados de liberalismo teológico os braços da TV Boas Novas como poder de mídia para massagear egos de pastores que apreciam divulgação pessoal e notoriedades... E assim conseguir deles apoio e voto aos seus intentos...

Aliás, esclareça-se que a sede e os equipamentos da TV Boas Novas no Rio foi construída e adquiridos com dinheiro vindo da Inglaterra, remetidos pelo GRUPO INTERNACIONAL CHRISTIAN VISION, com sede na Inglaterra, presidido por BOB EDMINSTON, construída com 5.800 m2 no bairro de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O prédio com três andares, comporta três estúdios de TV e equipamentos cujas transmissões começaram em 07.09.2005 e inaugurada em 21.01.2006.

Vocês se lembram que no começo das transmissões do Rio não era Tv. Boas Novas e sim CVC TV?

O projeto deles envolve o controle e a presidência da Igreja no Brasil...

Por isto o Pr. Samuel está ávido demais para controlar tudo...

E pelo visto ele está disposto a qualquer coisa para conseguir seus objetivos...

Oremos por nossa Igreja!

Anônimo disse...

Sou membro da Igreja Assembléia de Deus em Belém do Pará e entendo que o Pr. Samuel tem colocado seus objetivos pessoais acima da paz, do zelo, do bom relacionamento e dos interesses da Igreja.

Por motivos óbvios não posso me identificar, pois o Pr. Samuel não perdoa ninguém e é extremamente cruel e duro... Não aceita qualquer opinião contrária e sua gana de poder é tão sem reservas que já está saltando aos olhos de todo o mundo...

Eu e minha família, toda formada de crentes antigos e com diversos obreiros já está toda desconfiada achando mesmo que foi um mau negócio o Pr. Samuel ter vindo para Belém...

É briga, separação, ameaça de separação a toda hora...

A Igreja de Belém do Pará sempre cresceu muito e irradiou esse maravilhoso evangelho para todo o Brasil sem que nenhum de seus líderes anteriores promovesse tanta contenda e confusão com outras convenções estaduais e federal...

Ademais o povo não está vendo com bons olhos o fato de que o Pr. Samuel - Presidente da Igreja - morar muito longe de Belém do Pará, pois ele está residindo com sua família na cidade do Rio de Janeiro desde outubro de 2005... Aparece menos do que o necessário em Belém e a igreja só o vê pela TV. É um verdadeiro líder virtual...

Oremos a Deus para que nos livre de líderes que buscam a qualquer custo cargos, influência e poder!

Oremos a Deus para que nos livre de líderes brigões que ficam a toda hora promovendo contendas!

Pr. ANDRÉ DE JESUS disse...

Sou admirador do Pastor Samuel Camara. Um líder que as Assembléias de Deus CGADB precisa. Em tempos de suma importância o uso da mídia para espandir a atuação evangelistica da igreja. Infelizmente, alguns paradigmas insistem em não aceitar o óbvio. Mentes pequenas, não infelizmente um atraso aos propósitos de Deus, a humanidade. Vivemos o tempo da eletrônica, megatrôncia, robótica... etc... quem quiser ficar com os autos falantes instalados no teto da igreja, ou com a corneta na praça, tudo bem... nada contra... mas louvo a Deus pelos que tem buscado viver o tempo presente, e fazer dele uma oportunidade de conquista para o reino de Deus.

Pastor André de Jesus
MATO GROSSO

Anônimo disse...

Nossa estou pasma com certos comentários contrários em relaçao ao trabalho do pastor Samuel...nao estou entendendo mais nada...tenho acompanhado o trabalho do dele e só tenho visto vantagens...será que existe um mistério por trás dessa trajetoria dele no evangelismo...será que ele envergonha o nome de Deus...estou totalmente confusa.....