segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Carta de Amor a Belém

Querida Belém, parabéns pelos teus 394 anos de existência! Obrigado por teres me recebido como teu filho, uma vez que até me concedeste o título de “cidadão”. Como és acolhedora, em 19 de novembro de 1910, recebeste dois servos enviados por Deus: Gunnar Vingren e Daniel Berg. Pela providência de Deus, em 18 de junho de 1911, esses dois homens fundaram a Assembleia de Deus, que agora pastoreio rumo ao Centenário.


Das cidades brasileiras daquela época, tu eras a mais isolada, mas graças à exploração da borracha vieste a ser a quarta maior cidade do País, embora cercada pelas matas e rios da Amazônia. Não tinhas a glória nem a beleza do Rio de Janeiro, tampouco a riqueza e a potência industrial de São Paulo. Contudo, eras bem urbanizada e possuías um magnífico patrimônio arquitetônico. Continuas sendo uma cidade continental, com natureza exuberante e um cenário ímpar formado por quarenta e duas ilhas, furos fluviais e igarapés, com praias de rios e horizonte de oceano.


Oh, Belém! Folgo em dizer que Deus tem um negócio contigo. Assim como teve com a tua “xará” mais velha, Belém da Judeia, que foi escolhida para ser o berço do Salvador Jesus Cristo.

Belém, tu foste escolhida não apenas para ser o berço da Assembleia de Deus no Brasil, mas também “casa de pão” espiritual para muitas nações. Este é o significado hebraico do teu nome. Por isso, Deus fez de ti a Capital Pentecostal do Brasil. Hoje, o movimento pentecostal capitaneado pela Assembleia de Deus está presente em todos os municípios do Brasil, assim como em outros 157 países, reconhecido como o maior movimento evangélico do mundo.


Por que Deus te escolheu? É certo que no coração de qualquer investidor, tu serias descartada em razão da tua localização isolada no Norte do País, com tua população sofrendo com surtos de febre amarela, malária e tuberculose. Mas não para Deus.


A razão de a Assembleia de Deus existir não é outra senão demonstrar a ti o amor de Deus. E esse mesmo amor de Deus por Belém é forte e nos constrange ao vermos teus filhos lotando as delegacias, destruídos pelas drogas, lares em crise, casamentos falidos, muita gente sem sustento, bens públicos destruídos e a violência invadindo tuas ruas e bairros.


É por causa desse amor que existimos e procuramos te servir em nossos 445 templos (onde regularmente se reúnem os nossos 100 mil membros e 694 pastores) espalhados por todos os teus bairros, em cumprimento da ordem de Jesus: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos”. (Mateus 28.19-20).


Queremos marcar estes 100 anos de abençoada convivência, embelezando-te com a Avenida Centenário, o Museu Histórico Nacional e o Ginásio Centenário, algo que ainda não tens e que trará grande quantidade de visitantes assembleianos de todo o mundo para te conhecer e também a Igreja nascida de Deus nas entranhas desta cidade, com gosto de chuva, manga, açaí e maniçoba.


Tomaram de ti o direito de hospedar a copa do mundo em 2014, todavia, ainda que tentem, não permitiremos que façam o mesmo com o Centenário de tua filha ilustre, a Assembleia de Deus – a Igreja-mãe das Assembleias de Deus no Pará e no Brasil, o qual será celebrado aqui mesmo em tuas plagas, em junho de 2011.


Feliz Aniversário, querida Belém! Deus te ama. A Assembleia de Deus te ama. Eu também te amo.


A bênção do Senhor esteja abundantemente sobre ti e sobre todos os que te amam!


Samuel Câmara - Pastor da Assembléia de Deus Belém / PA - Igreja Mãe
Confira os artigos do Pastor Samuel Câmara, todas as semanas no jornal "O Liberal" -
http://www.oliberal.com.br/

14 comentários:

José da Silva disse...

Parabéns a esta linda cidade chamada Belém.Que a Assembleia de Deus,seja um dos meios que Deus use para continuar abençoando esta cidade!

Ismar Sahdo disse...

Pastor Samuel,

Fico aqui pensando se Jesus entraria nessa "briga" de se importar e defender tanto uma bandeira denominacional e tentar salvar sua história. Afinal, para Jesus, o Reino de Deus (não uma instituição religiosa) não vem com visível aparência, mas está dentro de nós. E mais: Jesus não se importava com quem não andava com Ele, mas apenas dizia: "quem não é contra mim, é por mim", ainda que comigo não ande. Mas isto, também, tinha a ver com o andar conforme ou não o Evangelho e não um andar na defesa de algo que não é Evangelho.

Desculpa, mas a impressão que tenho, de longe, é que se trata daquela mesma disputa que os discípulos de Jesus travaram para saber quem seria o maior no Reino. No caso de vocês: Quem carregará a glória do centenário.

Se estiver enganado, peço desculpas. Mas se correto estiver, quero lhe informar ainda, como alguém do povo: Estamos todos cansados e com fome de pão, com sede de água, querendo comer e beber Evangelho, e isto é o que menos encontramos hoje em dia. O que vemos são apenas pastores em busca de seus próprios interesses. O Senhor sabe disso melhor que eu, por isso nem vou comentar.

Não lhe coloco no mesmo pacote. Mas, fique longe disso, Pastor Samuel.

Deus lhe abençoe.

Ah, cuidado com o Malafaia!

Ismar

gunnar vingren fialho disse...

meu irmão ismar cuidado com suas palavras e ao apontar de dedos
nunca se esqueça que tem tres dedos apontando pra si proprio.
não julques para não ser julgado
o criador é o juiz de cada um de nos, é melhor voce se preocupar
com voce mesmo.
Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas - Salmos 105:15
fratenalmente em Cristo Jesus

Gunnar Vingren Fialho
Assembleia de Deus
Teresina-PI
Campo do Alto da Ressureição

Ismar Sahdo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Benevolino disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Isper Aziz disse...

De:Isper Sahdo
Sabemos que esta página foi criada para homenagear a cidade que foi o berço, sem dúvida, de uma das igrejas mais influentes deste país, a qual rendemos homenagem e respeito. Temos tido muitos homens de valor no decorrer de sua história. Estamos no Amazonas “desligado” do resto do Brasil de muitas formas, inclusive de nossa própria igreja. Nada disso, no entanto, nos tirou a capacidade de observar a história recente da mesma. Não quero nem complementar as palavras de meu irmão, elas encerram completo sentido, e eu não poderia fazer melhor. Sei de sua índole e pureza cristã, de sua busca por uma igreja centrada no evangelho. Portanto, parabéns a igreja IEAD no Brasil por todas as suas realizações, mas nossa oração por ti em todo o território nacional está sintetizada nos versos da música FOGO CONSUMIDOR (Fernandinho):

Fogo Consumidor vem arder em nós
Aquecer a chama que um dia queimou por ti
Homens se desviaram, profetas se venderam
Mas existem aqueles que não se dobraram
diante outros deuses
mas existem aqueles que não se dobraram
diante outros deuses

Deus está levantando um novo povo
Deus está sacudindo toda terra
Deus está separando seus profetas
Um novo dia amanhecer
Uma nova história se cumprir
Um choro ja durou a noite é chegada amanhacer

GrupoCelebrai disse...

Acessem o vídeo produzido em campanha: "Assembléia de Deus em Belém Rumo ao Centenário"!
É também uma homenagem às pessoas integrantes da Igreja Mãe das Assembléia de Deus no Brasil.


http://celebrai5.blogspot.com/2010/01/assembleia-de-deus-em-belem-rumo-ao.html

gunnar vingren fialho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gunnar vingren fialho disse...

para voce irmão Ismar sahdo leia

“Acrescentou Davi: Tão certo como vive o SENHOR, este o ferirá, ou o seu dia chegará em que morra, ou em que, descendo à batalha, seja morto.” (I Sam. 26:10)

Ainda que Saul seja destituído, é Deus quem o fará, não Davi. Até que Deus o destitua, o dever de Davi é servir fielmente a seu rei, e cortar um pedaço de seu manto não foi pelo bem de Saul. Por isso, a consciência de Davi o perturba.

Davi está com a consciência pesada por ter tirado um pedaço do manto de Saul. Seus homens, por outro lado, estão planejando coisas bem piores. O sucesso de Davi em cortar o manto de Saul incentiva seus homens a resolver o problema de uma vez por todas. Neste momento Saul está vulnerável. Seus homens estão fora de vista (com certeza Saul quer fazer suas necessidades em particular), e assim os homens de Davi podem dar cabo dele sem mais rodeios. Parece que é isto o que eles pretendem fazer e só a atitude enérgica de Davi os demove de sua intenção. A tradução do verso 7, na maioria das versões, é surpreendentemente branda (“persuadiu”, NASB - “conteve”, ARA) comparada à palavra empregada pelo autor (a nota da margem da versão NASB indica que a tradução literal seria repreendeu severamente). Ante a menção de matar o rei, Davi literalmente ataca seus homens, defendendo ferozmente a vida do rei e exigindo que, da mesma forma que ele não levantaria a mão contra ele, eles também não o farão. Enquanto os homens de Davi o olham com estranheza, Saul termina o serviço, veste seu manto (agora meio estragado) e sai da caverna.

gunnar vingren fialho disse...

se convertar meu irmão ismar sahdo
seja crente e não incredulo voce é uma vergonha para o evengelho
sera se voce é servo de Deus mesmo
ou um enganador

gunnar vingren fialho
pastor AD em teresina

gunnar vingren fialho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Isper Aziz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
webmaster disse...

Este Blog preza pela liberdade de expressão, desde que não ofenda a ninguém. Caso contrário o comentário será apagado.

Webmaster

Isper Sahdo disse...

Meu querido irmão webmaster. Você faz bem em assim proceder. Veja que este rapaz chamado Fialho com sua dificuldade interpretativa de texto achou que o comentário de Ismar é ofensivos ao Pr. Samuel. Veja você que a insistência do mesmo em permanecer em sua linha de pensamento (péssima por sinal) ainda consta nesta página. Se os termos usados por ele aqui não são ofensivos como "vá se converter", "você é uma vergonha", "incrédulo" e "enganador", receio que estamos tendo um julgamento tendencioso e parcial. Esperamos que o remanescente do que parece ser o "melhor" da expressão argumentativa de nosso irmão tenha sido deixada por mero esquecimento seu, que não percebeu ainda suas palavras.