sábado, 14 de maio de 2011

Ninguém nos roubará o Centenário

Existem verdades que não podem ser contraditadas, posto que apoiadas pela veracidade de incontáveis fatos, ou seja, pela própria História, assim como pelo bom senso. Uma dessas verdades incontestes é que a Assembleia de Deus em Belém foi escolhida por Deus para dar início a esse grande Movimento Pentecostal que assombrou o mundo e trouxe a Salvação e o poder do Espírito Santo a milhões de vidas.

Outra verdade inalienável é que a Igreja-mãe das Assembleias de Deus no Brasil tem o direito de celebrar o seu Centenário com todas as suas “filhas”. Alguém pode querer contestar, por desinformação ou descaso, que não estão querendo tirar esse direito da Igreja em Belém. Estão sim!

Por exemplo, há cerca de três anos, em Porto Alegre, quando da assembleia extraordinária de líderes da nossa Igreja no Brasil, foram apresentados todos os planos do Centenário da Assembleia de Deus, sem terem tido ao menos o respeito de perguntarem à Igreja-mãe o que esta gostaria de fazer, uma vez que a própria História lhe daria a primazia, se esta quisesse, de celebrar antes de todas as outras o Centenário.

Além disso, esses mesmos líderes pretendem fazer uma celebração paralela na própria cidade onde tudo começou, à parte da Igreja-mãe, numa afronta injusta e descabida. São líderes se portando como filhos rebeldes que destratam e maltratam a própria mãe.

Jamais pretendemos celebrar isoladamente o Centenário, que é de toda a Assembleia de Deus no Brasil. Quando dizemos, portanto, que somos a única que pode celebrar o Centenário em junho de 2011, só o fizemos em resposta aos abusos dessa liderança autocrática e preconceituosa de querer fazer celebração excluindo a própria Igreja-mãe.

Outros nos criticam por dizermos que a Igreja em Belém é a Igreja-mãe das Assembleias de Deus, como se não tivéssemos o direito de assim falar. Ora, se uma mãe natural, abençoando ou corrigindo um filho, lhe disser: “Eu sou a sua mãe”, quem poderia lhe contradizer? Esta é outra verdade inconteste. As outras igrejas deveriam se sentir honradas em possuírem uma mãe tão generosa.

A Igreja-mãe não somente começou essa grande obra, mas ajudou a expandi-la a todo o Brasil, muitas vezes contribuindo com generosas quantias para comprar terrenos e erguer templos, sustentar missionários e pastores, enviar literaturas, entre muitas outras ações amorosas.

A Igreja-mãe é o berço da imprensa assembleiana, de cujos produtos jamais cobrou royalties. Produzimos o primeiro hinário, o primeiro jornal, as primeiras lições bíblicas, os primeiros folhetos, enfim, fomos pioneiros em tudo isso e muito mais.

Nas plagas paraenses, sob a liderança e apoio da Igreja-mãe, aconteceu a primeira Convenção de obreiros. A primeira Escola Bíblica aconteceu no templo central da nossa Igreja. Durante mais de cinquenta anos, quase todos os trabalhos que foram abertos no Brasil tiveram a bênção e a ajuda desta Igreja Centenária.

Meus amados irmãos e irmãs, infelizmente temos de expor essa injustiça que a Assembleia de Deus em Belém tem sofrido da parte de líderes que se arvoram em “dominadores do rebanho” e querem à força tirar o direito simples e inalienável de a Igreja-mãe ter sido escolhida por Deus e de celebrar o seu próprio Centenário com todas as suas igrejas-filhas, posto que esta Celebração diz respeito a todos nós. Que se vejam com Deus, pois Ele é o justo Juiz.

A cidade de Belém tem sido generosa conosco e reprovará o tratamento que a Igreja-mãe e seus pastores e líderes têm recebido desses órgãos religiosos nacionais que nos são hostis, tanto aqueles que o fazem sem razão ou dos que o fazem pelas razões escusas de interesse político-eclesiástico.

Nós somos a geração do Centenário! Essa é a nossa vez, essa é a nossa hora. Deus nos concedeu a oportunidade de celebrarmos as conquistas do Senhor Jesus através de muitos homens e mulheres cujas vidas inspiraram milhões de outros crentes em todo o Brasil.

Podemos dizer, figuradamente, que essa multidão de heróis deve estar “se revirando no túmulo”, como uma nuvem de testemunhas (Hb 12.1), em reprovação a todas essas ações abjetas de homens mesquinhos que se medem por si mesmos e cujos frutos só podem ser esses. Mas o Senhor julgará essas paredes branqueadas!

Convido todo o nosso povo a orar, a buscar a Deus confiadamente, a fim de obtermos graça e socorro em ocasião oportuna, de modo a termos um grande Pentecoste na celebração do Centenário da Assembleia de Deus no Brasil, que acontecerá na plenitude da bênção de Cristo, em Belém, no período de 16 a 18 de junho próximo. Bem-vindo ao Centenário!


Samuel Câmara - Pastor da Assembléia de Deus Belém / PA - Igreja Mãe
Confira os artigos do Pastor Samuel Câmara, todas as semanas no jornal "O Liberal" -http://www.oliberal.com.br/




3 comentários:

Assembléia de Deus em Ipatinga disse...

Olha, prezado Pr. Samuel Câmara, toda essa confusão, toda essa retaliação quanto à nossa Igreja-Mãe, sabemos que é simplesmente pelo fato do irmão ser uma pessoa de visão, coragem e determinação e sendo assim almejou dar uma grande contribuição às Assembléias de Deus no Brasil, como presidente da CGADB em algumas ocasiões. Deus que tudo vê e tudo conhece sabe muito bem de tua vontade em ver as AD no Brasil num patamar bem maior de desenvolvimento. Porém, alguns representantes da "velha guarda" tudo tem feito para coibir esta tua ansiedade. Tenho observado que a CPAD há anos não faz nenhum comentário nem reportagem da igreja em Belém do Pará, porque?
Mas, quero dizer-lhe que apenas alguns compactua com a direção da CGADB. Tenho certeza que Belém vai ferver... vai receber centenas de caravanas de pessoas que como eu, sabem muito bem, que foi aí na capital paraense é que tudo começou. Pode ficar tranquilo, que "Ninguém vai nos roubar o centenário". Abraços!

Samuel Monteiro disse...

Pastor Samuel, não será CGADB, José Wellington que vai tirar o centenário da igreja-mãe. Aqui na minna igreja estamos estudando a sua revista do Centenário, e estou certo de uma coisa: DEUS ESCOLHEU BELÉM, E É LÁ QUE DEVE SER COMEMORADO O CENTENÁRIO.
Peço Permissão para postar o texto desta postagem em meu blog, apenas com o objetivo de divulgar e expor a situação do centenário para os seguidores do meu blog.
Desde já agradeço
Espero uma resposta
Paz do SENHOR

pr. airton abreu disse...

pr. ayrton abreu .estamos orando pr. samuel grande será a vitória em belém na festividade do centenário da assembléia de DEUS.COM A PERMISSÃO DE DEUS ESTAREMOS LÁ.UM ABRAÇO PR. SAMUEL.